Estudo realizado na Fertivitro e apresentado em congresso americano mostrou que taxa de gravidez aumenta em 80% com a utilização da técnica de AH-PICSI para seleção de espermatozoides

A embriologista Aline Azevedo

A embriologista Aline Azevedo

A técnica de seleção de espermatozoides funcionais AH-PICSI- Ácido Hialurônico permite identificar quais são os melhores gametas masculinos, os mais maduros, com menos danos de DNA e que oferecem menos riscos de doenças genéticas

 

 

Por Aline de Cássia Azevedo, Fernanda Coimbra Miyasato, Jacqueline T. Aranki, Litsuko S. Fujihara, Maria Cecília R. M. Albuquerque e Luiz Eduardo Albuquerque

Durante dois anos, entre novembro de 2010 e novembro de 2012, a nossa equipe de pesquisadores da Fertivitro — Centro de Reprodução Humana, composta por ginecologistas, embriologistas e enfermeiros especialistas em reprodução humana, realizou estudos a fim de identificar as melhores técnicas de seleção de espermatozoides para ICSI (Injeção Intracitoplasmática de espermatozoides), que elevam a taxa de gravidez e diminuem o índice de aborto.

O objetivo da pesquisa foi comparar a técnica convencional (PVP-ICSI) com o AH-PICSI (Ácido Hialurônico – Seleção de Espermatozoides Funcionais). No PVP-ICSI, os espermatozoides são selecionados individualmente baseando-se somente em sua motilidade e morfologia. Já na AH-PICSI, os espermatozoides se conectam ao ácido hialurônico presente na placa de PICSI, o que permite identificar quais são os melhores gametas masculinos. Nesse caso, os espermatozoides se apresentam mais maduros, com menos danos de DNA e oferecem baixos riscos de doenças genéticas, se comparados com a técnica convencional (PVP-ICSI).

O estudo resultou em dados tão significativos para o setor que foi apresentado no congresso americano anual, organizado pela Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, ASRM 2013 (American Society for Reproductive Medicine), na cidade de Boston, em Massachusetts, nos Estados Unidos, em outubro de 2013, para profissionais especializados no assunto do mundo todo.

Conceito
Até hoje, diferentes métodos de seleção de espermatozoides têm sido descrito para que possamos escolher o espermatozoide mais saudável para usar na ICSI (Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide). As taxas de sucesso de fertilização nesta técnica são afetadas pela qualidade do gameta masculino. Durante a ICSI convencional, o espermatozoide é selecionado somente com base na sua motilidade (movimento) e morfologia (forma), não sendo discriminatório no que se refere à identificação do espermatozoide com seus cromossomos normais e intactos.

Na natureza, os oócitos (óvulos) são rodeados pelo ácido hialurônico (AH), que está envolvido no mecanismo que seleção espermática. De fato, somente os espermatozoides que têm seus receptores específicos para ligar e digerir o AH, podem atingir o oócito e fertilizá-lo.

O papel do AH como um seletor fisiológico agora também é reconhecido in vitro e pode ser demonstrado quando os espermatozoides são capazes de se ligar ao AH na placa de PICSI. Quando isto ocorre, podemos dizer que esses espermatozoides possuem um remodelamento da membrana plasmática completa e são maduros, diminuindo assim as chances de doenças por desbalanços cromossômicos.

Por estas razões, a seleção de espermatozoides pelo AH antes de ICSI pode ajudar a melhorar os resultados do tratamento de reprodução humana dos casais inférteis.

Estudo

Nós analisamos, retrospectivamente, 10 casais que se submeteram a tratamento de fertilização in vitro na Fertivitro. O estudo foi realizado no período de dois anos, de novembro de 2010 a novembro de 2012. Estes casais realizaram primeiro o tratamento utilizando o PVP-ICSI convencional e depois eles fizeram novamente usando o AH-PICSI.

Os parâmetros analisados foram: média de idade, número de oócitos maduros (MII), taxa de fertilização, qualidade embrionária e taxa de gravidez. A análise estatística foi realizada pelo programa SPSS (Statistical Package for Social Science), para verificarmos possíveis diferenças estatísticas entre os parâmetros analisados.

Resultados

O estudo mostrou diferença estatística entre a idade do casal quando utilizaram PVP-ICSI sem sucesso e depois AH-PICSI. Entretanto, não observamos diferença estatística entre os outros parâmetros analisados. Mas a taxa de gravidez foi 20% com o PVP-ICSI convencional versus 80% com o AH-PICSI; e a taxa de aborto foi de 100% e 12,5% respectivamente.

Conclusão

Em nossa pesquisa, observamos que o uso da técnica AH-PICSI pode aumentar a taxa de gravidez e diminuir a taxa de aborto, mesmo com a idade do casal sendo maior, levando a crer que esse método pode nos ajudar a escolher o espermatozoide mais maduro e com o DNA intacto. Apesar disso, precisamos de mais estudos para confirmar a eficácia desta técnica.

Mais informações relacionadas à reprodução assistida estão nos canais da Fertivitro:

Site: www.fertivitro.com.br

Blog: http://fertivitro.wordpress.com

facebook: www.facebook.com/fertivitro

twitter: www.twitter.com/fertivitro

Autores – equipe Fertivitro

* Aline Azevedo, phD, embriologista e coordenadora do Programa Opportunity. A especialista recebeu o Prêmio Jovens Cientistas em Paris, em 2012.

* Dra. Fernanda Coimbra Miyasato é ginecologista, especialista em Reprodução Assistida.

* Jacqueline T. Aranki é chefe de enfermagem.

* Litsuko S. Fujihara embriologista:

* Maria Cecília R. M. Albuquerque é embriologista.

* Luiz Eduardo Albuquerque, ginecologista, especialista em Reprodução Assistida, é diretor da Fertivitro — Centro de Reprodução Humana.

 

 

2 Comentários »

  1. Oi. sou biomédica embriologista que fiz estágio de reprodução bovina e estou atrás de estágio d reprod. humana e com o tempo se gostarem me contratar.Enviei meu C.V., moro na V. Prudente e queria saber se tenho alguma chance. rs. Obrigada.Simone.Feliz Natal e feliz Ano Novo!

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 46 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: